4 dias em Madrid

by - agosto 23, 2018

QUATRO DIAS EM MADRID:

No início deste mês fui 4 dias a Madrid. Eu e ele tentamos uma vez por ano conhecer uma cidade europeia. Por enquanto não dá para ir muito mais além do que isso, mas ambos gostamos de viajar e ambos queremos muito conhecer culturas diferentes. Desta vez a cidade escolhida foi a capital espanhola. 

Talvez o mês de Agosto não seja o mês ideal para visitar Madrid, é uma cidade muito quente e nós tivemos o azar de ir naqueles dias em que houve uma onde de calor por toda a Europa. Porém, lá fomos e acabámos por adorar. 


O QUE VISITAR:

Apesar de Madrid ser a capital de Espanha não achei que fosse uma cidade demasiado grande. É uma cidade que reúne muitos sítios giros e muito perto uns dos outros pelo que se conhece andando muito a pé. 

O meu local preferido foi sem dúvida o Jardim del Retiro. Passámos lá quase um dia inteiro e eu gostei muito. Num dia quentíssimo a sombra das árvores e o lago ajudam a suportar o calor. É um lugar muito calmo e acolhedor. 



Neste parque está localizado o Palácio de Cristal que é também uma obra muito bonita e que vale super a pena passar por lá. 




Outro sítio que adorei foi sem dúvida o Palácio Real, ver o pôr do sol de lá e ficar sentada nas escadas a ouvir os artistas de rua é a memória que mais quero guardar. Sabem aquela sensação de que o mundo para para apreciarmos o momento? Este foi esse meu momento, enquanto estava sentada naquelas escadas com vista para o palácio, a ouvir aquelas músicas daqueles artistas, senti uma calma inexplicável. 

Um bocadinho mais à frente temos o Templo de Debod que é também muito bonito de visitar ao final de tarde. 


A Plaza Mayor e as ruas que andam por ali têm uma arquitectura muito característica e muito bonita, vale muito a pena perdermos-nos por ali. 

A Gran Via é a rua mais movimentada de Madrid, cheia de Teatros, Cinemas, lojas e restaurantes vale a pena tirar uma tarde por ali. Nestes meses quentes aconselho a irem no final de tarde que é mais fresquinho e ficarem por lá até de noite, uma vez que as lojas estão abertas até as 20h ou 21h.

Madrid é uma cidade com muitos rooftops, nós fomos a um. Chama-se Azotea del Circulo e fomos lá de noite, tem uns bares e uns sítios muito confortáveis para estar a descontrair, vale muito a pena passar por lá, a entrada é 4€ por pessoa e fica num sétimo andar. 


















ONDE COMER:

Madrid é uma cidade onde se come muitoooo bem. Não houve nenhum sítio onde não tivéssemos ficado muito satisfeitos com aquilo que comemos. 

No primeiro dia comemos uma pizza na pizzaria Grazie Mille muito próximo da Plaza Mayor e foi uma das melhores pizzas que comemos. Fomos a este restaurante por acaso, a ideia inicial era comer no mercado de San Miguel mas quando lá chegámos não achámos piada nenhuma e desiludiu-nos imenso. Esperava algo como o Time Out Market de Lisboa e na realidade não tinha nada a ver com isso. Por isso decidimos ir comer uma pizza neste restaurante por onde tínhamos passado e que nos tinha chamado à atenção e foi sem dúvida a melhor decisão que tomámos. 


Outro restaurante que vale muito a pena ir é o H10 bar, encontrei-o após uma busca no google e valeu super a pena. A comida era deliciosa e o atendimento foi super acolhedor.





Depois, claro há sítios muito fancy que devem visitar. Nós fomos a La Rollerie que é um género de pastelaria com um ambiente extraordinário e há várias espalhadas por Madrid. Fomos ainda ao Celicioso que é uma pastelaria de comida sem gluten, vegan, raw e esta sim aconselho mesmo a que vão, além do ambiente ser muito giro e ser um espaço muito bem decorado os bolos são deliciosos. 



Depois, é claro, há sítios turísticos que têm que ir, tal como a Chocolateria de San Gines e ao Bubble waffles, que não são coisas assim tão saborosas quanto isso mas que têm que ser visitadas. 



ONDE FICAR:

Nós temos o hábito de ficar em Hóteis, desta vez o escolhido foi o Ibis budget Centro Las Ventas e é muito bem localizado, limpo e satisfatório, nós gostámos muito. 

Mas claro, podem sempre recorrer a apartamentos ou hostels. 

Para reservar usamos sempre o booking e até hoje correu tudo muito bem. Podem sempre usar outras aplicações como o ARBNB. 


TRANSPORTES:
Para nos transportarmos para Madrid usámos o Metro, apenas duas vezes usámos os autocarros e se soubesse o que sei hoje tinha usado mais vezes autocarro que metro, acabamos por ter uma noção mais clara da cidade. E o bilhete para o metro é o mesmo que usamos para o autocarro, é uma questão de gosto. 

Espero que tenham gostado destas dicas que por aqui dei. Já foram a Madrid? O que acharam? Eu gostei muito da cidade e é uma cidade que gostaria de voltar na primavera ou no outono com a família, acho que é uma cidade óptima para um passeio de família e para passar um fim de semana prolongado. 

You May Also Like

0 comentários